De 10/10 a 10/11 – Curso EAD “Análise de Riscos: Metodologia e Casos Práticos”

10 de outubro de 2018

 

 

 

O Observatório Social do Brasil (OSB) oferece, por meio do programa Escola da Cidadania, o primeiro curso de educação a distância com o tema “Análise de Riscos: Metodologia e Casos Práticos”. O workshop será aberto no dia 10 de outubro, intercalando vídeos, aulas e atividades e poderá ser concluído até o dia 10 de novembro de 2018.

 

 

O curso proporcionará aos participantes a contextualização da Análise de Riscos no Programa de Compliance; ferramentas de Gestão de Riscos; e análise de casos concretos da aplicação de análise e gestão dos riscos. Também será abordada a aplicabilidade da Lei Anticorrupção nas empresas.

 

 

O curso terá transmissão online para debates e esclarecimentos de dúvidas e contará com a carga horária de 5 horas, sendo 4horas do curso EaD e 1hora de seminário online. Ele será ministrado pela sócia fundadora da Veritaz – Gestão de Riscos e Compliance e diretora do Instituto Paranaense de Compliance (IPACOM), Letícia Sugai.

 

 

O Conselho Federal de Contabilidade integra e apoia o Observatório Social do Brasil desde a sua criação, sendo a contadora Maria Clara Bugarim uma das fundadoras dessa instituição, quando ocupava a presidência do CFC, em 2008.

 

 

Serviço

 

 

O valor do curso é de R$375,00, porém, para inscrições e pagamentos realizados até o dia 10 de outubro, o OSB está fazendo uma promoção com preços especiais. Para quem participou do 1º Ciclo de Cursos e Palestras “Formação para Cidadania”, o curso custará R$ 89,90 e, para os demais, o valor será de R$145,00.

 

 

Os interessados em realizar o curso devem preencher o formulário de inscrição clicando no link: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdnfoRKisZ_ZPW3Qnou4ReGvX1ALxNRt3tFDxGT9PiBXvQMqQ/viewform e realizar o pagamento.

 

 

 

O que é Observatório Social (OS) e Observatório Social do Brasil (OSB)

 

 

O Observatório Social é um espaço para o exercício da cidadania, que deve ser democrático e apartidário e reunir o maior número possível de entidades representativas da sociedade civil com o objetivo de contribuir para a eficiência da gestão pública.

 

 

Cada OS é integrado por cidadãos brasileiros que transformaram o seu direito de indignar-se em atitude, em favor da transparência e da qualidade na aplicação dos recursos públicos. São mais de 130 organizações participando da iniciativa com a presença 3,3 mil voluntários engajados na causa da justiça social. Nos últimos cinco anos, o projeto já economizou mais de R$3 bilhões aos cofres municipais. O Observatório Social do Brasil (OSB) é a organização que congrega os Observatórios Sociais e assegura a disseminação da metodologia padronizada para atuação dos observadores, promovendo a capacitação e o suporte técnico, além de estabelecer as parcerias estaduais e nacionais.

 

 

Acesse o site do OSB: https://osbrasil.org.br/ e saiba mais.

 

 

Fonte: Portal do CFC