Editorial: Fiscalização Eletrônica – Sistema Traz Novidades para 2019

4 de dezembro de 2018

 

 

É da competência do Conselho Regional de Contabilidade de Mato Grosso do Sul regulamentar, fiscalizar, contribuir para o aprimoramento e prestar orientação aos profissionais e empresas em geral, buscando maior integração entre a sociedade e o Profissional da Contabilidade.

 

Através da Fiscalização, serviço que desenvolvemos junto a Profissionais da Contabilidade, Organizações Contábeis e empresas comerciais e industriais sem fins lucrativos, objetivamos resguardar o campo de atuação na área contábil aos profissionais devidamente habilitados, buscando prestar orientação para o devido cumprimento da legislação contábil (Decreto-Lei, Normas e Resoluções) a fim de fornecer proteção aos usuários da contabilidade.

 

E visando o aprimoramento e modernização da metodologia usada para exercer a fiscalização, o Sistema CFC/CRC’s – Conselho Federal de Contabilidade e Conselhos Regionais de Contabilidade –  desenvolveu o projeto de Fiscalização Eletrônica, através do qual, a fiscalização é realizada à distância, o que proporciona maior efetividade, já que os fiscalizados atendem à fiscalização do CRCMS no momento em que lhe é mais oportuno (desde que respeitado os prazos previstos).

 

Desde janeiro 2015, implantamos, aqui, no Conselho Regional de Contabilidade de MS, o Sistema da E-Fiscalização ou Fiscalização Eletrônica. Mas, continuamos, também, com o Sistema de Fiscalização Tradicional com as visitas in loco, onde a fiscalização ocorre, presencialmente, ou seja, o agente de fiscalização do CRCMS vai até o local realizar as verificações necessárias. Isto ocorre quando o profissional ou organização não atendem à Fiscalização Eletrônica, ou ainda quando há o atendimento parcial.

 

Em Mato Grosso do Sul, aproximadamente 80% das diligências efetuadas são realizadas eletronicamente porque são muitas as vantagens da E-Fiscalização ou Fiscalização Eletrônica para Profissionais e Organizações Contábeis.

 

O CFC – Conselho Federal de Contabilidade está, continuamente, acompanhando e avaliando o Sistema, recentemente, promoveu, de 23 a 26/10/18, um treinamento sobre o Sistema de Fiscalização Eletrônica direcionado a todos os Chefes de fiscalização e fiscais do Sistema CFC/CRCs, do qual o Encarregado da Fiscalização do CRC/MS, Contador Fernando Zanão, esteve participando.

 

O treinamento abrangeu parametrização, planejamento, procedimentos fiscalizatórios, ficha do fiscal e ferramentas de análise e foram apresentadas novidades para facilitar o trabalho da área garantindo mais agilidade, confiabilidade e lisura as rotinas.

 

A grande novidade no Sistema é a possibilidade de se efetuar denúncias e toda a formalização via web. O Sistema possui acesso específico para a inclusão de denúncias por parte da sociedade e de defesa por parte do denunciado. O CFC criou a possibilidade de realizar a tramitação das denúncias em um sistema online próprio.

 

E, no dia 23/11, o Vice-Presidente de Fiscalização, Ética e Disciplina do CRCMS, Contador Walter Aparecido Bernegozzi, participou do “Seminário de Vice-Presidentes de Fiscalização do Sistema CFC/CRCs”, realizado com o objetivo de melhorar, ainda mais, a qualidade da fiscalização brasileira para que se alcance uma uniformidade dos procedimentos em todo o Sistema CFC/CRCs alinhando procedimentos e estratégias de trabalho integrado para 2019.

 

Portanto, a E-Fiscalização ou Fiscalização Eletrônica é uma ferramenta que trouxe evolução na recepção de informações, com ela, a fiscalização do CRCMS está cada dia mais atuante e cumpridora do seu papel social de defesa dos interesses da Classe Contábil e em defesa e proteção da sociedade.

 

 

 

Saudações!

Contadora Iara Sonia Marchioretto
Presidente – CRC/MS